NOTÍCIAS / BRASIL

INSS decide manter antecipação do auxílio-doença

Decisão foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União. Foto: Agência Brasil

 

O INSS em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho informou que a antecipação do auxílio por incapacidade temporária, antigo auxílio-doença, continuará em vigor para todas as localidades do país. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União (DOU).

Segundo o INSS, o segurado, no momento do requerimento, poderá fazer a opção pelo agendamento da perícia médica para a concessão do auxílio por incapacidade temporária, em uma das unidades de atendimento da Perícia Médica Federal, cujo serviço de agendamento esteja disponível, ou optar pela antecipação.

Para requerer a antecipação do auxílio-doença, o segurado deve enviar, pelo Meu INSS, o atestado médico e a declaração de responsabilidade pelos documentos apresentados. Após isso, o atestado passará por análise de conformidade pela perícia médica para concessão da antecipação, caso cumpridos seus requisitos.

Leia também

às