NOTÍCIAS / BRASIL

Ministro da Educação busca alternativas para prova do Enade

Medida também teria incentivos para a busca de boas notas. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Educação busca alternativas para punir alunos com notas ruins no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, o Enade. O Ministro da Educação Abrahan Weintraub defendeu que o estudante que acerta 10% das questões ou menos deve perder o direito de se formar.

A prova avalia o desempenho dos alunos nas universidades. O Ministro quer propor ideias para estimular o universitário a participar da avaliação com mais seriedade. A medida busca diminuir o número de sabotagens ao teste.

Leia também

às