NOTÍCIAS / BRASIL

Operação da PF mira suspeitos de entregar 43 mil armas para facções brasileiras

Operação da PF mira suspeitos de entregar 43 mil armas para facções brasileiras. Foto: reprodução

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (05) uma operação contra um grupo suspeito de entregar 43 mil armas para os chefes das maiores facções do país. Esse armamento era encomendado na Europa e revendido por uma empresa paraguaia. As investigações apontam que o esquema movimentou R$ 1,2 bilhão.

Devem ser cumpridos 25 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária e 52 mandados de busca e apreensão em três países: Brasil, Estados Unidos e Paraguai. Até agora, 19 pessoas foram presas: seis no Brasil e 13 no Paraguai.

O principal alvo da ação é o argentino Diego Hernan Dirísio, considerado pela PF o maior contrabandista de armas da América do Sul. Ele segue foragido. 

Leia também

às