NOTÍCIAS / BRASIL

Prazo para eliminação de barragens é adiado

Novas medidas visam assegurar estabilidade de barragens. Foto: Internet

A Agência Nacional de Mineração (ANM) publicou nesta segunda-feira (12) novas medidas regulatórias que visam assegurar a estabilidade de barragens de mineração no Brasil, notadamente as construídas pelo método conhecido como “a montante” ou por método desconhecido, em resposta ao rompimento em janeiro de uma barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais.

A agência adiou o prazo. Em vez de serem desativadas em 2021, o prazo foi ampliado para os anos de 2022, 2025 e 2027, a depender da capacidade dos empreendimentos.

Leia também

às