NOTÍCIAS / BRASIL

Presidente do Senado cobra que Lula se desculpe por fala sobre Holocausto

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante uma sessão na casa, cobrou nesta terça-feira (20), que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, se retrate e peça desculpas por comparar a guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza com o Holocausto.

Pacheco, enfatizando a gravidade das declarações de Lula, afirmou que tais analogias são injustificáveis, independentemente da força da resposta militar de Israel. Os comentários de Lula ecoaram além das fronteiras brasileiras, levando Israel a declará-lo “persona non grata”.

Leia também

às