NOTÍCIAS / BRASIL

STF determina que Facebook entregue vídeo de Bolsonaro após 8 de janeiro

STF determina que Facebook entregue vídeo de Bolsonaro após 8 de janeiro. Foto: reprodução

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinou que a Meta, empresa que administra o Facebook, envie à Corte, até esta quinta-feira (07), uma cópia do vídeo publicado e apagado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro após os ataques do dia 8 de janeiro, à Praça dos Três Poderes, em Brasília.

De acordo com a denúncia da PGR, Bolsonaro teria feito incitação pública ao crime ao publicar imagens no dia 10 de janeiro, questionando o resultado das eleições presidenciais de 2022. Se a empresa não cumprir com a decisão, pode ser multada em R$ 100 mil por dia.

Em nota, a Meta informa que a publicação alvo de decisão judicial foi apagada por Bolsonaro pouco tempo depois de ter sido publicada e, por isso, não há meios técnicos de cumprir a decisão judicial. Os advogados da empresa escreveram que o vídeo “não está disponível nos servidores da empresa, impossibilitando o cumprimento da ordem.

 

Leia também

às