NOTÍCIAS / BRASIL

Surto de dengue no Brasil faz parte de aumento em escala global, diz diretor-geral da OMS

Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS, disse que surto de dengue é global. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse que surto de dengue é global e afirmou que Brasil é referência no combate à doença. Em visita ao Brasil, ele participou do lançamento do programa Brasil Saudável, um plano do Ministério da Saúde para eliminação de doenças e infecções que acometem, de forma mais intensa, as populações em situação de maior vulnerabilidade social, como malária, doença de Chagas, sífilis, hepatite B e HIV.

Ele lembrou que o fenômeno El Niño, associado ao aumento das temperaturas globais, vem contribuindo para o aumento de casos de dengue no Brasil e no mundo. O diretor-geral da OMS comentou ainda a vacinação contra a doença e disse que o país tem uma capacidade gigantesca de produção de insumos desse tipo.

Neste ano, o Brasil já registrou mais de 360 mil casos (prováveis e confirmados) de dengue, com 40 mortes confirmadas. Segundo especialistas em meio à rápida transmissão da dengue, o uso de repelente é uma medida auxiliar para a proteção contra picada do mosquito. E mesmo quem receber as doses da vacina Qdenga deve continuar com o uso de repelente.

Leia também

às