NOTÍCIAS / BRASIL

Valdemar Costa Neto é preso em flagrante em operação da PF

Valdemar Costa Neto é preso em flagrante em operação da PF. Foto: reprodução/PL

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, foi preso em flagrante pela Polícia Federal. Os agentes encontraram uma arma de fogo na casa dele. O político foi um dos alvos da operação da PF, realizada na manhã desta quinta-feira (08), em dez estados, que apura a participação de pessoas na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado democrático de Direito nas eleições de 2022.

De acordo com a investigação, o grupo teria elaborado um texto que previa a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, além do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

O ex-presidente Jair Bolsonaro, do mesmo partido de Valdemar Costa Neto, também teve medidas restritivas adotadas contra ele. O ex-chefe do Executivo está proibido de deixar o país e não pode falar com os investigados Até o momento, a assessoria do PL não se pronunciou sobre a operação da Polícia Federal.

Leia também

às