NOTÍCIAS / GIRO CRISTãO

“Em Deus Nós Confiamos”, Suprema Corte decide que frase permanece em nota de dólar

Frase foi colocada pela primeira vez em uma moeda americana em 1864. Foto: internet

A Suprema Corte Americana rejeitou a ação de um ativista ateu, que queria retirar das notas de dólar a frase: “Em Deus Nós Confiamos” (“In God We Trust”).  Michael Newdow é advogado e alegou que a frase seria uma espécie de endosso do governo à religião, o que violaria a primeira emenda da Constituição dos Estados Unidos.  Ele disse também que com essa frase, o governo viola a crença religiosa sincera da maioria de seus clientes, que são ateus e não acreditam na existência de Deus.  Os ministros da Suprema Corte julgaram a ação improcedente e nem quiseram comentar o caso.

Michael é o mesmo ativista que anos atrás perdeu uma ação para remover as palavras “sob Deus” do juramento presidencial nas cerimônias de posse dos ex-presidentes George W. Bush e Barack Obama.  A frase, “Em Deus Nós Confiamos”, foi colocada pela primeira vez em uma moeda americana em 1864.

Leia também

às