NOTÍCIAS / GIRO CRISTãO

Ministro do STJ decide por continuação de obras do Museu da Bíblia

Obras do Museu da Bíblia no DF foram retomadas. Foto: internet

 

Após uma decisão de Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), as obras do Museu da Bíblia no DF, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, poderão ser levadas adiante. Ativistas ateus vinham travando uma intensa batalha jurídica para impedir a construção. A decisão de Martins autorizou a retomada das obras do Museu da Bíblia pelo governo do Distrito Federal.

A obra tinha sido interrompida por uma decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT), atendendo a um pedido da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA), que considera que o uso de recursos públicos na obra fere o conceito de Estado laico. O governo do DF decidiu recorrer da decisão ao STJ por entender que o museu não é um templo religioso, e sim, uma edificação que vai abrigar uma instituição de cunho cultural e educativo sobre uma das principais características da civilização ocidental e do Brasil.

Leia também

às