NOTÍCIAS / GIRO CRISTãO

Mulher e dois filhos são enforcados em Uganda por terem se convertidos

Marido mandou fazer forca no quintal de casa. Foto: Freepick

 

Depois de aceitar Jesus em um culto de Natal, uma mulher e seus dois filhos, de três e oito anos, foram enforcados em Uganda. O principal suspeito do crime brutal é o próprio pai da família, que é muçulmano. No dia 28 de dezembro, um vizinho encontrou Shamira Nakato, de 27 anos, e seus dois filhos enforcados no quintal da casa. Testemunhas relatam que o marido invadiu um culto de oração, depois de chegar mais cedo em casa e descobrir que a mulher e os filhos estavam frequentando uma igreja nos últimos dias.

Ele retirou a esposa e os filhos do culto, e bateu nela do lado de fora. Por volta do meio-dia, foram ouvidos gritos vindos da casa da família. Na parte da tarde, um vizinho viu dois homens muçulmanos montando uma estrutura de madeira no quintal da residência. No mesmo dia, à noite, foram ouvidos mais gritos na casa. Na manhã seguinte (28/12), o vizinho foi até a casa da família pedir uma ferramenta de cortar lenha, mas ninguém atendeu. Com a porta destrancada, ele entrou e encontrou Shamira e os filhos enforcados na estrutura de madeira que havia visto no dia anterior.

Leia também

às