NOTÍCIAS / MUNDO

Biden e Zelenski assinam acordo para reforçar as defesas ucranianas

Documento foi assinado em uma reunião bilateral anterior ao encontro da cúpula do G7, na Itália. Foto: Reprodução/X @ZelenskyyUa

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinaram nesta quinta-feira (13) um acordo de 10 anos para reforçar as defesas ucranianas contra as forças russas. Trata-se de um passo preparatório para uma eventual entrada da Ucrânia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), segundo o texto: “As partes reconhecem esse acordo como um apoio para que a Ucrânia se torne membro da Otan”.

O documento foi assinado em uma reunião bilateral anterior ao encontro de cúpula do G7, na Itália. A primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, afirmou que os países do grupo firmaram um empréstimo à Ucrânia de US$ 50 bilhões (cerca de R$ 270 bilhões), usando juros gerados por ativos russos congelados pelo Ocidente. O documento prevê reuniões de emergência de autoridades americanas e ucranianas em caso de ataques.

Leia também

às