NOTÍCIAS / MUNDO

Furacão Laura atinge ‘potencial catastrófico’ e ameaça costa dos EUA

Imagem de satélite do Furacão Laura. Foto: Reprodução/Internet

Nesta quarta-feira (26, o furacão Laura ganhou força e se tornou um furacão de categoria 4, com ventos de até 225 km/h, ameaçando a costa nordeste do Golfo do México, nos EUA, com inundações potencialmente “catastróficas”, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês).

Em comunicado, o NHC informou que “Relatórios apontam que o Laura se tornou um furacão extremamente perigoso de categoria 4, que pode provocar uma tempestade catastrófica, ventos extremos, alagamentos são esperados em todo o nordeste da costa nordeste do Golfo”.

O Laura ameaça o litoral dos estados do Texas e da Louisiana, no sul dos EUA. Com a chegada do furacão, os principais centros de refino de petróleo de Lake Charles, de Beaumont e de Port Arthur, estão na rota de risco e já deixaram de funcionar.

O governador de Louisiana, John Bel Edwards, alertou que a população tem “apenas algumas horas para se preparar e evacuar”. O estado ainda é traumatizado pela devastação causada em 2005 pelo Katrina, furacão de categoria 5 – a máxima – que inundou 80% de Nova Orleans e deixou 1 mil mortos.

Até o momento, o furacão Laura causou a morte de pelo menos 24 pessoas no Haiti e na República Dominicana. Um rastro de destruição foi deixado após o furacão passar pelos países do Caribe nesta terça-feira (25).

Leia também

às