NOTÍCIAS / MUNDO

Universidade de Oxford retomará testes de vacina contra Covid-19

Vacina da AstraZeneca contra Covid-19 tem testes retomados. Foto: Reprodução/Internet

A Universidade de Oxford recebeu autorização para retomar os testes para avaliação da vacina imunizante da Covid-19 produzido em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Os testes no mundo todo, inclusive no Brasil, estavam parados para a avaliação de reação adversa em uma voluluntária britânica, e dependiam do aval de um comitê independente para serem retomados.

Até agora, cerca de 18 mil voluntários já receberam o imunizante, que se encontra na fase três das pesquisas. Segundo a Universidade de Oxford, é esperado que em testes de eficácia como esse, alguns participantes apresentem efeitos colaterais, que devem ser avaliados caso a caso para que os estudos continuem. Os ensaios clínicos já passaram pelas fases um e dois, com comprovação de segurança e produção de anticorpos contra a Covid-19.

No Brasil, o estudo envolve 5 mil voluntários também será retomado, após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar, neste sábado, a retomada dos testes no Brasil da chamada “vacina de Oxford” contra a Covid-19. A agência disse que ‘continuará acompanhando todos os eventos adversos observados durante o estudo’.

Leia também

às