NOTÍCIAS / RJ

Caso Henry: polícia civil conclui inquérito e indicia Dr. Jairinho e Monique

O casal vai responder por homicídio duplamente qualificado. Foto: Reprodução

 

Rio de Janeiro – A Polícia Civil concluiu o inquérito que apura a morte do menino Henry. A mãe do garoto, Monique Medeiros e o padrasto, o vereador Dr. Jairinho, foram indiciados por homicídio duplamente qualificado – tortura e recursos que impossibilitaram a defesa da vítima.

Dr Jairinho responderá por dois crimes de torturas – uma ocorrida em 12 fevereiro e outra em março quando o garoto morreu. Monique em uma, a de fevereiro, quando segundo as investigações soube que o menino era torturado enquanto estava em um salão de beleza.

Na ocasião, apesar de ter sido informada pela babá por mensagens, Monique levou quase três horas para voltar pra casa de um shopping que fica a 5 minutos de carro do condomínio onde o menino e Jairinho estavam.

O inquérito foi enviado para o Ministério Público. Agora o promotor Marcos Kak decidirá se denuncia o casal pelos mesmos crimes ou não.

Leia também

às