NOTÍCIAS / RJ

Funcionários da Supervia são demitidos após envolvimento em abuso sexual

O caso aconteceu na estação de trem do Maracanã, na Zona Norte. Foto: internet

Rio de Janeiro – A SuperVia identificou e demitiu dois seguranças que participaram do abuso sexual contra dois jovens na estação de trem do Maracanã, na Zona Norte, no último domingo (07). Os outros dois supostos funcionários ainda não foram identificados.

A demissão dos funcionários ocorreu nesta quarta-feira (10) após as vítimas prestarem depoimento na 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar, no Méier, Zona Norte.

Os dois adolescentes disseram que sofreram agressões e abusos sexuais, por parte de dois supostos policiais e quatro seguranças da Supervia. Os jovens, de 17 e 18 anos, filmaram a ação e compartilharam nas redes sociais.

Eles admitiram ser usuários de drogas e estavam indo até o Morro da Mangueira, para comprar maconha.

Leia também

às