NOTÍCIAS / RJ

Idosa e enfermeira recebem primeiras doses da Coronavac no Rio

Idosa e enfermeira recebem primeiras doses da Coronavac no Rio. Foto: reprodução

Rio de Janeiro – O prefeito Eduado Paes iniciou no fim da tarde desta segunda-feira (18) a vacinação oficialmente na capital, em uma cerimônia aos pés do Cristo Redentor. Duas pessoas receberam as primeiras doses: a idosa que mora em abrigo, Terezinha da Conceição, de 80 anos, que nunca foi casada e não tem filhos; e a profissional da saúde, Dulcinea Lopes, de 59 anos, que trabalha há 8 meses na linha de frente contra a covid19 no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla. O vento foi marcado por aglomeração de pessoas.

O primeiro lote de vacinas da Coronavac deveria ter chegado ao Centro de Distribuição de Niterói às 13h, mas houve atraso. As doses injetadas nelas acabaram transportadas em um jatinho, que chegou ao Rio por volta das 16h.

A prefeitura do Rio informou que no primeiro momento da vacinação contra o novo coronavírus, 110 mil pessoas vão receber a dose da coronavac. Estão nessa lista:

  • profissionais da saúde da linha de frente da covid-19;
  • profissionais da saúde envolvidos na campanha de vacinação;
  • trabalhadores de instituições que cuidam de idosos;
  • idosos a partir de 60 anos que moram em asilos;
  • pessoas com deficiência com mais de 18 anos de idade que morem em casas de assistência ou repouso;
  • e população indígena.

A prefeitura estima que o 1º lote da vacina acabe em quatro dias. Após um mês, todos deverão receber a segunda dose da Coronavac.

Leia também

às