NOTÍCIAS / RJ

Justiça do Rio mantém aulas presenciais em escolas particulares suspensas

Escolas particulares não podem retomar aulas presenciais no município. Foto: Reprodução/Internet

 

Rio de Janeiro – O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Cláudio de Mello Tavares, rejeitou o recurso da prefeitura que pedia para que o decreto municipal que autorizava o retorno de turmas de 4º, 5º, 8º e 9º ano voltasse a ter validade. Dessa forma, as escolas continuam impedidas de abrir para aulas presenciais.

O desembargador destacou que “a gravidade da situação vivenciada exige a tomada de medidas coordenadas e voltadas ao bem comum”. Algumas unidades da rede particular voltaram a abrir no último dia 3, após decreto autorizativo da Prefeitura. O retorno era facultativo e exclusivo à rede privada.

Leia também

às