NOTÍCIAS / RJ

Mulher morre ao fugir de assalto e pular de ônibus em movimento

Tânia Mota, de 62 anos, é mais uma vítima da violência no Rio de Janeiro . Foto: reprodução

Rio de Janeiro – Tânia Mota, de 62 anos, morreu ao tentar fugir de um assalto em um ônibus da linha 298 (Acara-Castelo) no bairro de Pilares, Zona Norte. A costureira pulou do veículo em movimento juntamente com outras quatro pessoas. Ao saltar, ela bateu com a cabeça no meio fio e teve um traumatismo craniano. A mulher ainda foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas veio a óbito antes de chegar ao hospital. Carlos Augusto Teixeira, que era casado há mais de 40 anos com a costureira, contou que falou com ela minutos antes do crime. A esposa pediu a ele que fizesse mais compras para um final de semana que estava programado com a família.

Testemunhas disseram que os criminosos anunciaram o assalto quando o ônibus passava próximo ao Morro do Urubu. Os bandidos teriam dado a ordem para que alguns passageiros fugissem sem o veículo estar parado.

Os outros três passageiros que pularam com Tânia foram atendidos no Hospital Salgado Filho, no Méier. A Secretaria de Saúde informou que todos tiveram ferimentos leves e receberam alta.

 

Leia também

às