NOTÍCIAS / RJ

PM mata motorista de aplicativo durante discussão em posto de combustíveis

PM mata motorista de aplicativo durante discussão em posto de combustíveis. Foto: reprodução

 

Niterói – O motorista de aplicativo Diego Sampaio foi baleado no abdômen na noite desta terça-feira (17) após uma discussão com um policial militar em um posto de combustíveis em Pendotiba, na região oceânica de Niterói.

Segundo testemunhas, o PM, identificado como Giovani Peçanha de Athaíde, teria se desentendido com um frentista e o casal, que estava em outro carro, teria pedido a ele para tirar o veículo. Neste momento, o policial teria xingado a mulher. Quando ela sai para tirar satisfações, o marido parte para cima do PM com a intenção de dar um chute. Neste momento, Giovani atira duas vezes contra Diego, que cai no chão. Ele chegou a ser socorrido no Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos. Em defesa, o policial declarou que a vítima desembarcou do carro para agredi-lo e desrespeitou a ordem de parada. Foi quando atirou para conter a situação. A PM informou que abriu um procedimento interno para apurar a conduta do militar. O caso está sob a responsabilidade da delegacia de Homicídios de Niterói.

Além da esposa, o motorista deixa uma filha de 4 anos de idade. O corpo de Diego foi levado para o Instituto Médico Legal.

Veja o vídeo com o momento em que a vítima é baleada, após tentar atingir o PM com um chute:

Leia também

às