NOTÍCIAS / RJ

Remédios vendidos no RJ sofrem maior reajuste de preços do país

Remédios vendidos no Rio sofrem maior reajuste do país. Foto: Reprodução/EBC

Rio de Janeiro – Cerca de dez mil medicamentos de uso contínuo estão até 4,5% mais caros em todo o país. O percentual é referente ao teto de reajuste anual estabelecido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, vinculada ao governo federal.

O consumidor do Estado do Rio pode sentir um impacto maior nessa mudança de preços, porque desde o último dia 20, está em vigor uma alta do ICMS, o imposto do governo estadual, sobre os remédios: passou de 18%  para 20%. Somada à taxa do Fundo Estadual de Combate à Pobreza, a alíquota aplicada sobre o aumento dos remédios em território fluminense pode chegar a 22%, a maior do país.

Leia também

às