NOTÍCIAS / RJ

STJ autoriza Prefeitura do Rio retomar a Linha Amarela

Antes da Prefeitura assumir gestão da via, pedágio cobrado era 7,50. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

 

Rio de Janeiro – O ministro Humberto Martins, presidente do STJ, autorizou a Prefeitura do Rio a retomar a administração da Linha Amarela, que liga as zonas Norte e Oeste da cidade. A prefeitura disse que, com a decisão, reduzirá o pedágio da via para um “valor justo”. A cobrança é de R$ 7,50. A Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, informou que vai recorrer.

Pouco depois que soube da decisão, a prefeitura liberou o acesso ao pedágio da Linha Amarela. O presidente do STJ identificou, a partir das provas apresentadas pela Procuradoria Geral do Município (PGM), diversos indícios de obras superfaturadas e cobrança indevida de pedágio. O prejuízo estimado pelas irregularidades na concessão é de mais de R$ 225 milhões à cidade e à população.

Leia também

às