NOTÍCIAS / RJ

Tribunal forma a maioria e aprova impeachment de Witzel

O julgamento foi iniciado no Tribunal de Justiça do Rio sem a presença de Witzel. Foto: Reprodução

Rio de Janeiro – O Tribunal Especial Misto (TEM) julgou, nesta sexta-feira (30), o pedido de impeachment do governador afastado do Rio, Wilson Witzel. O deputado estadual Alexandre Freitas, sétimo a votar, também foi o sétimo a favor da procedência de parte das acusações.

Com isso, pela primeira vez na História da cidade o processo de impeachment é consumado contra um governador. Após o fim da votação acerca das acusações, outra votação decidirá o tempo que Witzel ficará impedido de ocupar cargos públicos com prazo máximo de cinco anos.

Ele é acusado de crime de responsabilidade por seu suposto envolvimento em fraudes na compra de equipamentos e celebração de contratos durante a pandemia da Covid-19.  O julgamento foi iniciado no Tribunal de Justiça do Rio sem a presença de Witzel, que preferiu acompanhar de casa.

 

Leia também

às